Outros

Tepequém

Viva natureza! Contemplar a paisagem do topo do platô, caminhar e se deixar abraçar pela névoa úmida que inunda temporariamente os paredões de arenito, são apenas detalhes. Ouvir lorota de garimpeiro... é tudo verdade, tomar banho de águas limpas e quentes o ano todo e se perder na via láctea do universo noturno, também são um pouco a mais dessa montanha de savanas rodeada de florestas e mistérios.

Orquídeas

No platô do Tepequém encontram-se verdadeiros santuários da biodiversidade vegetal da Amazônia. Populações de orquídeas silvestres ornamentam as trilhas ao longo de todo o ano. São flores brancas, róseas, vermelhas e amarelas pintando a paisagem numa aquarela sem igual.

Aves

Pela manhã se acorda com o grunido das maracanãs em bando. No caminho do platô as araras vermelha e azul com amarelo. Nos caminhos diversos à beira d´água, dezenas de passarinhos cantando o raiar do sol ou o entardecer. Nos paredões da montanha, andorinhas, urubu-rei e outros pássaros ensaiam a dança dos ventos e nos convidam à contemplação.

Platô do Tepequém

4 km de distância da pousada e 5 horas de trecking (precisa guia experiente, disposição física, roupas e calçados adequados)

Convite ao “Trecking” e o desafio de chegar até a parede, avistando o horizonte. São 1.100 metros de altitude e a imensidão da Amazônia até onde a vista alcança. Macacos-prego, guaribas e araras são as companhias de quem passeia até a trilha do avião caído. Na volta, um banho refrescante no igarapé preto, depois de passear nos jardins de orquídeas.

Cavernas do Igarapé Preto

4 km de distância da pousada (precisa de guia e veículo 4 x 4)

Os garimpeiros descobriram cascalho com diamantes sob as rochas de difícil acesso. Água, morcegos e aranhas são os companheiros de viagem de que ousa explorar os salões naturais sob o manto escuro das cavernas desse lugar. Precisa de guia experiente e um bom preparo físico para descer e viajar consigo mesmo no silêncio da escuridão úmida e desafiadora.

Tilin do gringo

7 km de distância da pousada e 2 horas de trecking (precisa guia experiente, disposição física, roupas e calçados adequados)

Era preciso desviar a água, mas havia uma barreira de pedra. O gringo ficou famoso ao dinamitar com precisão cirúrgica a rocha inteira, abrindo uma fenda perfeita de 30 metros de comprimento e uns 10 de altura. Ao garimpeiro e engenheiro prático, os diamantes que descansavam no cascalho à espera da suruca certeira.

Ruínas da Vila do Cabo Sobral

6 km de distância da pousada (precisa de guia para falar sobre o local)

Informações locais dão conta de um grande aglomerado de gente, vizinhos de trabalho, incertezas e muitos sonhos. Os diamantes do Tepequém e suas histórias juntavam os heróis desbravadores da Amazônia dos ciclos do garimpo numa única Vila, que se foi com o tempo da “bamburragem”, do primeiro cinema de Roraima e das casas noturnas de muita festa e alegria.

Please reload

Entre em contato
+55 (95) 99142-6888
Siga-nos
  • White Facebook Icon

© 2017 por Henrique Xaud